A equipe

Os colaboradores de Be-linked, oriundos de setores variados, tais quais  o setor privado, o universo associativo, a pesquisa ou o conselho, compõem uma equipe dinâmica e possuem « expertises » complementares. Reunidos em volta de um projeto forte e inovante, dividem a convicção que ONGs e empresas podem e devem aliar suas forças, para juntos gerar valores e responder aos desafios da sociedade.

No Brasil:

Jérôme Auriac, Fundador e Diretor

Exerceu durante 6 anos funções comerciais e de marketing no grupo da casa editora Wolters Kluner ; Em 2000 integrou, como diretor comercial, Novethic (centro de recursos (de/em) RSE, ISR e o desenvolvimento sustentável da « Caisse de Dépôts et Consignations ». Em 2003, passou para a empresa Manifest onde exerceu a função de Diretor Associado e em seguida ele fundou Be-linked em 2008. Especialista em desenvolvimento sustentável e em parcerias empresas-ONG, Jérôme Auriac é o co-fundador e animador do Who’s Who das ONG e aconselhou, nestes últimos dez anos, várias empresas multinacionais e instituições em suas politicas de RSE e suas estratégias  de relação com as ONG.

Faz intervenções nas escolas de administração (HEC Chaire Social Business Entreprise et Pauvreté, Master développement Durable, ESSEC Management général de l’économie Sociale), nas associações de empresas referenciadas na temática de RSE ou de redes de ONG (Coordination Sud) e também em estabelecimentos de ensino ou de pesquisa estrangeiros (Natural Capital Institute, Fundaçao Getulio Vargas), seja como professor na questão das relações empresas- sociedade civil, seja no âmbito de intercâmbios ou de trabalhos mais acadêmicos.

Presidente de uma ONG de desenvolvimento, fazendo intervenções no Brasil e falando correntemente o português, Jérôme Auriac é também membro de numerosos grupos de reflexão e de intercâmbio no campo do  desenvolvimento sustentável.

Clémence Calzaroni, Sócia-Diretora

Diplomada pelo ESSEC (França) com MBA em administração de empresas e especialização em comunicação, ela começou a trabalhar na Espanha na agência de comunicação Havas Worlwide. Depois, integrou o departamento de recursos humanos da Danone na China e seguiu com a Danone no Brasil desenvolvendo um projeto do Fundo Social Ecossistema. Em 2006, criou e dirigiu uma ONG no Camboja durante quatro anos. Assumiu responsabilidades como a definição e o desenvolvimento de programas adequados às necessidades das comunidades rurais, também geriu parcerias multilaterais entre ONG, ministérios, instituições internacionais, etc. No Camboja, trabalhou também na Organização das Nações Unidas (ONU) na avaliação e análise de projetos para facilitar o acesso dos grupos étnicos à justiça.

Clémence fala francês, inglês, espanhol, português e khmer.

Na França:

Marie Antonelle Joubert, Diretora-Conselheira

Marie Antonelle Joubert

Formada em Sociologia, Marie Antonelle integrou a empresa Be-linked como diretora-conselheira, após doze anos de trabalho como encarregada de missão e coordenação de projetos de desenvolvimento, de solidariedade e de lobbying junto a diversas organizações da sociedade civil na França, no Mediterrâneo e na América Latina.

Ela obteve um DEA (Diplôme d’Etudes Approfondis) no « Institut des Hautes Etudes d’Amérique Latine » em paralelo às suas atividades como animadora de bairros em Paris, e em seguida, um trabalho de cooperação internacional junto ao Ministério Francês da Agricultura (Direção de Ensino e de Pesquisa)  onde atuou como responsável da rede de cooperação com a América Latina (instrumentos pedagógicos e parcerias ONG). Em seguida trabalhou em uma associação francesa de lobby e de solidariedade onde animou grupos de trabalho sobre temas ligados à democracia, ao desenvolvimento, à colonização, às migrações, aos movimentos sociais e suas coexistências. Passou, em seguida, alguns anos no estrangeiro (Oriente Médio e Brasil) onde ela atuou como encarregada de projetos para diversas associações, organizações comunitárias e ONG, em paralelo a uma atividade de sondagem e produção para documentários (Canal +, France 5, Thalassa, Kourtrajmé…)

Marie Antonelle é também chefe-redatora da nossa revista Business & Community Brief.

Krisztina Tora, Diretora- Conselheira

Krisztina

Durante seu MBA na ESSEC, Krisztina especializou-se na temática do desenvolvimento sustentável, principalmente durante um intercâmbio com a Schulich Business School (Toronto-Canadá) onde contribuiu para a realização da auditoria de uma organização de turismo no Nunavut assim como à elaboração de recomendações para a melhoria de seu plano de negócios.

Krisztina foi em seguida chefe de projetos no Grupo Chantelle, primeiramente na direção de comunicação da sede, e depois no setor marketing em Nova Iorque (USA). Como chefe de projeto de formação na empresa Veolia Environnement, ela fez, durante três anos, uma perícia sobre desenvolvimento de competências, conduta de mudanças e gestão de grandes projetos de âmbito internacional.

Paralelamente Krisztina comprometeu-se com Abaquar Paris, uma associação que luta contra a pobreza e as desigualdades através do apoio ao desenvolvimento de projetos de empreendedorismo social, onde ela exerce as funções de tesoureira.

Krisztina fala corentemente húngaro, inglês, espanhol e alemão, e enriquece sua reflexão participando regularmente de grupos de intercâmbio cuja temática é o empreendedorismo social.

Juliette Van Wassenhove, Diretora – Conselheira

Juliette Van Wassenhove

Formada em pesquisa, Juliette cursou a ENS (Ecole Normale Supérieure) e é formada em História. Após seu mestrado de História Moderna e um DEA (Diplôme d’Etudes Approfundies) de Ciências Políticas, Juliette especializou-se no estudo das relações entre política e sociedade civil na Ásia do Sudeste, em particular na Malásia.

Ela ensinou Relações Internacionais na Escola de Ciências Políticas de Paris e Sociologia na Universade d’Auvergne. Em 2006-2007, ela foi coordenadora adjunta de um Observatório da Ásia do Sudeste, organizado pelo CERI (Centro de Estudos e de Pesquisas Internacionais) ao serviço da Direção de Negócios Estratégicos (Ministério da Defesa). Ela organizou e participou de vários seminários e conferências, na França e também em âmbito internacional. Juliette realizou igualmente numerosas missões como analista política junto a diversas empresas e mídias ( RFI ; France Culture, Arte).

Juliette fala inglês, italiano, espanhol e malaio e traduz benevolamente para rinoceros.org, o portal de notícias internacionais de iniciativa dos cidadãos. Seu interesse pelas problemáticas de desenvolvimento das experiências associativas e as pessoas que encontrou  durante suas investigações de campo na Malásia, transmitiram-lhe o desejo de dar ao seu percurso profissional uma direção mais operacional, e em consequência, seu comprometimento junto a atores do desenvolvimento

Sarah Ertel, Consultora Senior

Sarah Ertel

Após seus estudos de Letras Modernas e Ciências Políticas, Sarah integrou o Celsa, Escola de Grandes Estudos em Ciências da Informação e Comunicação, ligada à Sorbonne (Paris IV). No término do curso (3 anos) de publicidade e marketing, especializou-se no estudo do discurso de marca de modo ético. Este primeiro trabalho de pesquisa a conduziu às problemáticas do desenvolvimento sustentável na empresa.

Em seguida, como observadora estratégica na empresa de comunicação Enjoy Sarah estudou profundamente a questão da adaptação das problemáticas de marca aos desafios do RSE. Ela trabalha para clientes tais como a Fundação MVE, Saint-Gobain, Havaianas, Acor e Bressor.

Sarah investiu-se durante anos na associação cultural La Grotte, pelo seu comprometimento, entre outros,  em um projeto de financiamento e construção de um centro cultural no Togo. Esta experiência levou-a a interessar-se intensamente às problemáticas do desenvolvimento e  integrar a equipe de Be-linked.

Sarah intervém igualmente nos desafios internacionais da moda ética e na evolução desta tendência de responsabilidade social, principalmente na Univesidade da moda de Lyon (Lyon-2).